Edilidade reúne com delegação do MAA

Reuniao

Edilidade reúne com delegação do MAA

A Câmara Municipal da ilha da Boa Vista reuniu-se ontem com a delegação do Ministério do Ambiente e Agricultura (MAA), para abordar a problemática de cães vadios que tem vindo a dizimar gados na ilha e apanha desenfreada de areia em zonas interditas.

Os pastores do Município da Boa Vista, sobretudo de caprinos estão agastados com ataques constante de cães vadios a seus rebanhos, tendo alguns desesperados a ponto de querer abandonar a criação de gados.

Para muitos a perda é incalculável e os prejuízos avultados.

Sendo assim, comunicaram o sucedido à autarquia e solicitaram o seu auxílio, a fim de pôr cobro a essa situação.

A Câmara Municipal de imediato accionou a delegação do MAA, para reforçar de que o caso realmente é grave e carece de uma intervenção urgente.

Por sua, o MAA representado no encontro pela delegada Paula Monteiro e o veterinário João Lopes da Silva se disponibilizou em procurar soluções para as preocupações levantadas pela Câmara Municipal.

Outra preocupação colocada pela edilidade durante a reunião esteve relacionada com a apanha desenfreada de areia nas zonas de Chaves, Deserto de Viana e leito de algumas ribeiras.

Para o edil, José Luís Santos a apanha de areia está a ganhar contornos preocupantes. Entanto, é preciso agir a tempo, visto que a extracção pode ter “consequências drásticas para o meio ambiente”

O presidente da Câmara Municipal congratulou-se com a disponibilidade e a parceira do MAA, para conjuntamente encontrarem soluções fiáveis para estas problemáticas, de forma a devolver a tranquilidade aos criadores de gados e proteger o meio ambiente.