Boa Vista

Boa Vista é uma ilha do grupo do Barlavento de Cabo Verde. De todas as 10 ilhas do arquipélago, é a situada mais a leste, distando apenas 455 km da costa africana. Sua superfície de 620 km² a torna a terceira maior ilha do país, depois de Santiago e Santo Antão. Tem cerca de 31 km de norte a sul e 29 km de leste para oeste.

A Boa Vista é bastante plana e o ponto mais alto do território, o Pico d’Estância, tem apenas 390 metros de altura.

O concelho está dividido nas freguesias de Santa Isabel e São João Baptista. A maior povoação da ilha é a Cidade de Sal Rei, e em tempos, por volta de 1800, chamava-se Porto Inglês. Com o desenvolvimento do negócio do sal acabou por mudar para a actual designação.

Na Boa Vista a exploração do sal foi feita principalmente pelos ingleses, que exportavam o produto para a Europa. Na época, mais precisamente em 1620, foi fundada Povoação Velha, a primeira localidade da Boa Vista. Aproveitando a mão de obra proporcionada pela escravatura, numerosos aristocratas instalaram-se na ilha. No entanto, a opulência que faziam questão de exibir acabou por atrair a atenção dos piratas que, em duas ocasiões, em 1815 e 1817, pilharam a ilha. Em consequência disso, acabou por ser construído, no Ilhéu de Sal Rei, o forte do Duque de Bragança.

Segundo o Censo 2010, a população da ilha é de 9.162 habitantes, na sua maioria masculina, cerca de 59%, devido à emigração feminina. Entre os 15 e os 64 anos representa 71,4% do total, com os menores de 15 anos a constituírem 22,6% dos residentes.

Nos últimos anos, o sector do turismo desenvolveu-se bastante aproveitando o facto da Boa Vista ter as maiores praias de Cabo Verde. A ilha tem cerca de 55 km de praias de areia branca e algumas zonas de dunas, com oásis de tamareira, a típica vegetação local.

As dunas podem atingir vários metros de altura, e pelo seu elevado valor paisagístico e ecológico, desempenham uma função primordial na protecção e conservação da costa, com um importante papel contra a erosão das praias, funcionando como reserva de areia para a protecção destas.

Os ventos sopram com relativa intensidade durante todo o ano, sofrendo uma ligeira diminuição durante o verão. A humidade relativa média desce raramente abaixo de 60% e situa-se na maior parte do tempo entre os 70 e os 90%. as terras baixas, limitando-se o sistema montanhoso a pequenas colinas, sendo o ponto mais alto o Monte Estancia, com 387 metros de altitude.

A parte oriental da ilha é caracterizada por uma grande concentração de recursos naturais, como sejam populações reprodutoras de tartarugas marinhas, colónias de aves marinhas, campos de dunas, zonas húmidas e fauna associada, colónias de corais, espécies singulares de peixes, ninhos de guincho, espécies raras de aves e árvores milenárias, como calabaceira, figueira-brava e amendoeira, conferindo à ilha um enorme valor ecológico.

Os fortes ventos alísios que sopram do nordeste, criam um corredor de areia que atravessa praticamente toda a zona oeste pelo que predominam, nesta zona e no sudoeste da ilha, terras baixas e extensos areais. A parte oeste da ilha está vocacionada para o turismo convencional, e a leste, para os valores ambientais” fonte: www.sdtibm.cv

Nos ilhéus que rodeiam a Ilha há boas condições para a prática de mergulho.

Município

Boa Vista

Maior centro urbano

Cidade de Sal Rei

Área

620 km²

População

9.162 (Censo 2010)

Grupo

Barlavento

Elevação máxima

387 m, Monte Estância

Temperatura média anual

24º / 25º

Pluviosidade

75mm / 120mm

Freguesias

Santa Isabel e São João Baptista

Povoações

Cabeça dos Tarafes, Fundo das Figueiras, João Galego, Povoação Velha, Bofareira, Estância de Baixo, Rabil

Coordenadas

15° 58′ N e 16° 13′ N
22° 40′ W e 22° 58′ W